17 de jan de 2011

Pico Paraná

Liguei para meu amigo Nasal na terça-feira e perguntei se ele não queria fazer uma aventura da pesada na sexta, ele concordou e disse que iríamos subir o Itapiroca. Na quinta ele me ligou dizendo pra eu me preparar, pois o destino agora era o Pico Paraná. Ok.
Na sexta chegamos na fazenda Pico Paraná (que fica localizado no conjunto de montanhas Ibitiraquire) às 9 horas, ah, é claro, fui com os amigos Nasal, Camila e Íris. Pagamos a taxa de 10 reais (por cabeça), passamos protetor solar e iniciamos nossa jornada às 9:30. No início o céu estava com muita neblina, bem fechado, não deu pra ver muita coisa nas primeiras horas de caminhada. Foi aí que eu fiquei sabendo que o PP é a maior montanha do sul do Brasil.






Nossa primeira parada foi onde estão as placas indicativas do Pico Paraná e Caratuva, fizemos um pequeno lanche por lá, tiramos umas fotos e continuamos o caminho. Enchemos as garrafas d’água numa bica um pouco à frente, uma água muito refrescante por sinal e logo em seguida Nasal enfrentou uma cobra cara a cara!







Chegamos a uma outra bifurcação (se é que posso chamar assim) com placas indicando para PP e Itapiroca, que vai ficar pra próxima. Paramos um pouco mais à frente para descansar.





A planta Caratuva.


Continuamos prosseguindo e eis que começou a chover pacas, a neblina voltou com tudo e um vento gelaaado... colocamos as jaquetas, andamos 5 minutos e o sol voltou!!! Ouvimos alguns trovões e o pessoal falou que só poderíamos torcer pra que não tivessem relâmpagos lá em cima. Viva o otimismo!!! Neste trecho fiquei impressionado com a paisagem.







Estávamos de frente com as pedras chamadas de Hieróglifos e a Íris comentou que fez rapel e escalada nestas rochas. Fiquei de cara!!!




Eis que chegamos ao cume às 3:30!!! Que maravilha, nos cumprimentamos, demos aquela relaxada e obviamente aproveitamos o visual que é com o perdão da palavra do caralho. O Nasal me mostrou as montanhas, o Siririca e suas placas, o Caratuva e suas antenas, mais o que me impressionou foi o tal do Ferraria, ele parece ser realmente difícil.
Fizemos nosso almoço, a foto oficial e iniciamos a volta 4:30. O caminho dá volta tinha umas subidas sinistras que nem tinha reparado na ida, mais de resto achei a trilha bem tranqüila e bem aberta. Andamos um trecho de uns 40 minutos com as lanternas acessas e chegamos pontualmente 21:04. Ainda deu ânimo pra uma berinha e nos mandamos (de carro). Valeu pessoal pelo companheirismo e até a próxima!!!












3 comentários:

  1. SHOW AS IMAGENS, parabéns pela subida, a trilha do PP é muito bonita. Primeira vez então... INESQUECÍVEL. A região tem muita coisa legal pra conhecer.

    JOPZ

    ResponderExcluir
  2. show de bola brother
    Fotos iradas, uma mais show que outra.
    Parabens pela aventura.
    Aquele

    ResponderExcluir
  3. Thiago,

    vc comentou que uma amiga (Iris) escalou na "Hieroglifos". Vc poderia me passar o contato dela? A muito procuro croquis e informação a respeito das vias de escalada nessa região.
    Obrigado. meu e-mail é brunosalgado87@hotmail.com

    Bruno

    ResponderExcluir